Curitiba, Terça-Feira 26ºC Predomínio de Sol

Turismo Turismo

O que fazer em Santa Felicidade? Dicas para curtir o bairro italiano de Curitiba

19 de Dezembro de 2020
Compartilhar:
O que fazer em Santa Felicidade? Dicas para curtir o bairro italiano de Curitiba

Quando se fala em passear por Curitiba não podemos esquecer da linda Santa Felicidade.

A antiga colônia italiana é famosa por sua gastronomia, cultura italiana, arquitetura entre outras atrações que falaremos aqui.


Para você que não é de Curitiba, ou é e não conhece direito Santa Felicidade, trouxemos algumas dicas do que conhecer no bairro italiano.


Conhecer o Portal de Santa Felicidade


Símbolo não só do bairro, mas de Curitiba, o Portal de Santa Felicidade é um dos lugares de Curitiba mais vistos pelos turista.

Localizado na Avenida Manoel Ribas, no bairro Cascatinha (sim, é um bairro antes de Santa), há estacionamento ao lado para que você possa parar e tirar fotos.

Aqui Santa Felicidade já te dá as boas vindas.


Conhecer construções históricas


Santa Felicidade é um bairro antigo! A antiga colônia começo a receber imigrantes em 1878. Há muitas casas antigas de antigas famílias italianas que viveram na região.


Logo após o Portal de Santa Felicidade há a Casa Amarela que, pasmem, pertencia a uma família alemã e polonesa, mas a casa foi construída baseado na arquitetura italiana. O terreno é particular e só pode ser acessada com autorização dos moradores, mas a casa pode ser apreciada e fotos podem ser tiradas da calçada (a casa fica a frente da calçada).


Ainda antes de chegar no ponto mais badalado de Santa Felicidade, há as antigas casas de Nicolau Boscardin: a Casa dos Gerânios. A casa, construída em 1880, mostra como era a arquitetura dos colonos italianos que viveram na região.


Outra casa famosa e histórica é a Casa Culpi. A casa data do ano de 1887 e era a moradia da família Culpi. Ela é toda em arquitetura italiana, sendo uma das casas mais preservadas da região.


Outros lugares históricos é a Igreja São José e Santa Felicidade e o Cemitério do bairro.


Comer e curtir a noite


Eis o que mais chama turistas para Santa Felicidade: comida.


O bairro é repleto de restaurantes, tanto na Av. Manoel Ribas, como por ruas do bairro. A maioria dos restaurantes servem a culinária italiana, mas há opções para todos os gostos.

O restaurante mais famoso é o Madalosso, que é o maior restaurante da América Latina. Ainda há outros inúmeros restaurantes, como o Dom Antônio e a Porta Romana, panificadoras e vilas gastronômicas.


Além disso, há vários bares pelo bairro que são um ótimo programa para beber com os amigos.


Comprar vinhos e produtos caseiros


Não é possível falar da cultura italiana sem falar do vinho. A bebida tradicional pode ser adquirida em vários pontos do bairro, tendo vinhos dos mais variados tipos e lugares. É para Baco e Dionísio nenhum botar defeito.


Alguns destes vinhos ainda são feitos de maneira artesanal, do jeito tradicional italiano. Também há queijos, salames, embutidos, doces, entre outras delícias que são feitas artesanalmente e podem acompanhar um bom vinho.


É só você andar pelo bairro que vai encontrar os mais diversos lugares que vendem a bebida a base de uva. As mais famosas são a Vinhos Durigan, na Av. Manoel Ribas, a Vinhos Santa Felicidade, na Av. Toaldo Túlio e os Vinhos Dall’armi, na rua Madre Clelia Merloni.


Rezar


O povo italiano é um povo de muita fé! Pelo bairro tradicional, há diversas Igrejas Católicas que foi e é usada pelos italianos e seus descendentes.


Você não precisa ser católico e nem precisa rezar, mas conhecer estes lugares é conhecer a história do bairro e do povo que a construiu.


Ainda no começo do passeio, na Rua Ângelo Trevisan, há a Capela São Judas Tadeu, ao lado da antiga Escola Ângelo Trevisan. A Capela fica num ponto alto do bairro Cascatinha, é visível da Av. Manoel Ribas, e fica em um lugar bucólico, aconchegante e que traz uma paz maravilhosa. A Capela é toda de madeira, levando-nos a conhecer uma arquitetura antiga e tradicional.


A Paróquia São José e Santa Felicidade fica no ponto alto do bairro. Na Av. Manoel Ribas, frente aos restaurantes, a imponente Igreja com sua arquitetura tradicional e histórica, recém reformada, pode ser vista por qualquer ser vivo que por ali passa. A Igreja foi elevada ao nível de paróquia em 1937, mas é mais antiga que isso.

A beleza da paróquia é por dentro e por for a, sendo um ótimo convite para se conhecer.


Outras igrejas italianas da região são a Igreja do Monte Bérico e a Igreja do Bosque Italiano.



Esses são algumas coisas a se fazer em Santa Felicidade, mas pode apostar que há muito mais. Porém, isso fica para próxima. :)


  • Compartilhar: